Arquivos do Blog

30 dias de Wrestlemania – O verdadeiro fim

A nossa série de 30 dias chega ao fim na véspera da Wrestlemania 31. Ano passado, mais precisamente em 6 de Abril, houve a 30ª edição do show dos shows, esta realizada pela primeira vez na história direto de New Orleans, Louisiana.

Em 21 de fevereiro de 2014, a WWE anunciou oficialmente que Hulk Hogan seria o anfitrião do evento. No Raw de 10 de março, Hogan anunciou que uma Battle royal de 30 lutadores em memória a Andre the Giant aconteceria na WrestleMania, com o vencedor conquistando um troféu.

No Raw de 20 de janeiro, Batista retornou à WWE e anunciou o seu desejo de ganhar a luta Royal Rumble de 2014 e ganhar o WWE World Heavyweight Championship. Batista ganhou a luta pela segunda vez na carreira ao eliminar por último Roman Reigns. No Royal Rumble, Randy Orton defendeu seu título contra John Cena após uma interferência da Wyatt Family, e no Elimination Chamber Randy Orton manteve o título na luta Elimination Chamber após interferência mais uma vez da Wyatt Family e de Kane. Assim, Orton e Batista se enfrentariam no evento principal da WrestleMania XXX com o cinturão em jogo. Após Batista ganhar o Royal Rumble, foi sempre vaiado pelo público, devido a essa reação, Batista tornou-se Heel aliando-se a The Authority (Triple H, Stephanie McMahon e Kane). Na WrestleMania XXX, caso Daniel Bryan vençsse Triple H, lutaria pelo titulo na mesma noite.

Na edição do Raw de 30 de dezembro, Brock Lesnar juntamente com Paul Heyman retornou à WWE com objetivo ganhar o WWE World Heavyweight Championship, desafiando o vencedor do combate de John Cena contra Randy Orton no Royal Rumble. Triple H e Stephanie McMahon recusaram-se a dar a Brock Lesnar uma luta pelo título, mas ofereceram um contrato que permitia a Lesnar escolher o seu oponente para a WrestleMania XXX. Tanto Brock Lesnar como Paul Heyman não quiseram nada com o contrato dizendo que nenhum superstar da WWE seria um desafio para Lesnar. Quando abandonavam o ringue, The Undertaker retornou à WWE após estar ausente por um ano, entrou no ringue e confrontou Brock Lesnar, que assinou o contrato e passou a caneta para Undertaker assinar, Undertaker pegou na caneta e espetou-a na mão de Brock Lesnar, atacando-o com o Chokeslam devastador na mesa de comentaria, sendo assim, Undertaker defenderia sua Streak contra Lesnar no evento.

No SummerSlam de 2013, Daniel Bryan derrotou John Cena, conquistando o WWE Championship, no entanto, o árbitro da luta, Triple H atacou Bryan com um Pedigree, Randy Orton apareceu e descontou a maleta do Money in the Bank, ganhando o título. Desde esse tempo, Triple H e Stephanie McMahon impediram Bryan de ganhar o título através de interferências no combate, árbitros corruptos e outras injustiças favorecendo Orton. Na Elimination Chamber de 2014, Bryan estava prestes a ganhar o título após um Running High Knee em Orton, mas quando ia fazer o pinfall, Kane interferiu ao puxar a perna do árbitro impedindo-o de fazer o pinfall e distraiu Bryan permitindo a Orton aplicar o RKO e manter o título. Após o acontecimento, Daniel Bryan ficou completamente revoltado com a The Authority e desafiou Triple H a um combate na WrestleMania XXX, mas Triple H recusou diversas vezes. No Raw de 10 de Março Daniel Bryan encheu o ringue de membros do “Yes Movement” impedindo o show de continuar, Bryan disse que só saia dali enquanto Triple H aceitasse o seu desafio, Triple H sem escolha aceitou e Bryan adicionou a estipulação de que se ganhar o combate entra na luta pelo WWE World Title na mesma noite.

O card completo com resultados pode ser conferido na continuação.  Leia o resto deste post

30 dias de Wrestlemania – Grandeza vs. Redenção

7 de Abril de 2013 marcou a realização da 29ª edição da WrestleMania, esta direto do MetLife Stadium em East Rutherford, New Jersey. Foi a quinta a ocorrer na região metropolitana de Nova Iorque e a terceira a acontecer em Nova Jersey.

The Rock retornou a WWE no episódio de 14 de fevereiro de 2011 do Raw, sendo anunciado como apresentador do WrestleMania XXVII. Em 3 de abril de 2011, foi realizada a WrestleMania XXVII, cujo evento principal foi o combate entre John Cena e o então WWE Champion The Miz pelo título. Depois da luta acabar por dupla contagem, Miz reteve seu título. No entanto, o apresentador da WrestleMania, The Rock exigiu que a luta recomeçasse sem contagens ou desqualificação. Logo após o reinício da luta, The Rock aplicou um Rock Bottom em Cena, dando início a uma rivalidade entre os dois e fazendo Cena perder a luta. No Raw do dia seguinte, Cena desafiou Rock para uma luta.Rock aceitou, mas disse que essa luta deveria acontecer no maior palco do mundo, a WrestleMania, então propôs uma luta para Cena no WrestleMania XXVIII. Cena aceitou apertando a mão de Rock, fazendo história por marcar uma luta no WrestleMania com um ano de antecedência. No Survivor Series de 2011, Cena e Rock derrotaram The Miz e R-Truth e, após a luta, Rock atacou Cena. Na WrestleMania XXVIII, The Rock derrotou Cena aplicando um Rock Bottom. No Raw seguinte ao WrestleMania, The Rock anunciou que ainda tinha a intenção de ganhar o WWE Championship mais uma vez.

Durante o Raw 1000, em 23 de julho de 2012, ele fez seu retorno a WWE, anunciando que enfrentaria o WWE Champion pelo título no Royal Rumble de 2013. Na mesma noite, The Rock tentou ajudar John Cena que estava sendo atacado por Big Show, mas acabou sendo atacado pelo até então campeão da WWE, CM Punk. Punk manteve o título nos meses seguintes para assegurar-se como o oponente de The Rock. No Royal Rumble, Rock derrotou CM Punk aplicando um People’s Elbow, encerrando o histórico reinado de 434 dias de Punk. John Cena entretanto venceu a luta Royal Rumble pela segunda vez em sua carreira. Com isso, Cena ganhou o direito de participar de uma luta pelo WWE Championship ou World Heavyweight Championship no WrestleMania 29. No Raw do dia seguinte, Cena explicitou seu desejo de enfrentar o Campeão da WWE. Rock defendeu com sucesso o título contra Punk no Elimination Chamber, confirmando-se como oponente de Cena na WrestleMania. No Raw de 25 de fevereiro, Cena derrotou Punk para confirmar sua presença na WrestleMania.

No SmackDown de 1 de fevereiro, o Gerente Geral do SmackDown Booker T anunciou que, no evento Elimination Chamber, uma luta Elimination Chamber aconteceria envolvendo seis ex-campeões, com o vencedor se tornando o desafiante pelo WHC na WrestleMania 29. Jack Swagger derrotou Randy Orton, Mark Henry, Chris Jericho, Daniel Bryan e Kane, eliminado por último Orton, para se tornar o adversário de Alberto Del Rio, que defendeu o World Heavyweight Championship com sucesso contra Big Show na mesma noite.

No episódio de 4 março do Raw, que celebrou o “Old School Raw”, The Undertaker fez o seu regresso à WWE, abrindo o evento, sinalizando a qualquer desafiante para enfrentá-lo no evento. CM Punk, Randy Orton, Big Show e Sheamus declararam que queriam enfrentar The Undertaker, na esperança de acabar com a série invicta de The Undertaker em Wrestlemanias, levando a Supervisora Administrativa do Raw, Vickie Guerrero, a marcar uma luta Fatal 4-Way entre os quatro mais tarde naquela noite. CM Punk venceu a luta, fazendo o pinfall em Orton, conquistando o direito de enfrentar Undertaker na WrestleMania 29.

No Raw de 11 de março, após Ryback derrotar Heath Slater, Mark Henry foi ao ringue e encarou Ryback. Ambos começaram a aplicar seus movimentos de finalização em Drew McIntyre, que havia tentado atacar Ryback. No SmackDown de 15 de março, Ryback foi escolhido como o parceiro de Sheamus e Randy Orton para lutar contra a The Shield na WrestleMania 29. Na mesma noite, durante uma luta entre Ryback e Henry, a The Shield invadiu a luta, aplicando um Triple powerbomb em Ryback. Após o ocorrido, Henry voltou ao ringue e aplicou três World’s Strongest Slams seguidos em Ryback, anunciando que agora ele fazia parte de seu “Hall da dor”. No Raw de 18 de março, VIckie Guerrero anunciou que havia retirado Ryback de sua luta contra a The Shield, agendando um combate entre ele e Mark Henry na WrestleMania.

No episódio de 11 de março do Raw, Dolph Ziggler derrotou Daniel Bryan. Após o combate, seu segurança, Big E Langston aplicou um Big Ending em Bryan. No SmackDown de 15 de março, Ziggler derrotou Kane, com Big E também lhe aplicando um Big Ending. No Raw de 18 de março, Kane desafiou Ziggler e Big E para uma luta contra ele e Bryan na WrestleMania. AJ Lee aceitou o combate por eles, mas somente se estes colocassem o WWE Tag Team Championship em jogo. Bryan e Kane aceitaram a estipulação.

No Raw de 30 de abril de 2012, Triple H foi atacado por Brock Lesnar após anunciar que aceitaria apenas o contrato original fechado entre eles, ignorando as regalias dadas a ele por John Laurinaitis. Durante o ataque, Triple H teve, na história, seu braço quebrado. Triple H retornou no No Way Out, desafiando Lesnar para uma luta no SummerSlam. Em 23 de julho de 2012 no Raw 1000, Lesnar aceitou o desafio. Lesnar derrotou Triple H no SummerSlam, com o último saindo lentamente do ringue, com um rosto de imensa tristeza. Brock Lesnar retornou a WWE no Raw de 28 de janeiro de 2013, quando Vince McMahon estava prestes a demitir Paul Heyman, após descobrir que o mesmo tinha ligação com a The Shield. Brock Lesnar então aplicou um F-5 em McMahon. Na história, Vince lesionou sua pélvis, tendo que realizar uma cirurgia. No Raw de 18 de fevereiro, Vince retornou a televisão via satélite, marcando uma luta entre ele e Paul Heyman na semana seguinte. Durante a luta entre ambos, Lesnar interrompeu a luta ameaçando atacar McMahon novamente, porém Triple H o salvou, começando uma grande briga com Brock. Na semana seguinte, Triple H pediu uma revanche contra Lesnar na WrestleMania 29. Paul Heyman aceitou o desafio por seu cliente, mas apenas se pudesse escolher a estipulação da luta. No Raw de 11 de março, Lesnar atacou os ex-parceiros de D-Generation X de Triple H, os New Age Outlaws (Road Dogg e Billy Gunn), durante uma luta contra o Team Rhodes Scholars (Cody Rhodes e Damien Sandow). No Raw de 18 de março, Heyman anunciou que o combate no WrestleMania seria uma No Holds Barred e se Triple H perdesse, teria que se aposentar.

No Raw de 25 de fevereiro, a The Shield chamou qualquer lutador para os desafiarem, mas Sheamus e Randy Orton os surpreenderam os atacando. Na edição de 1 de março do SmackDown, a The Shield interferiram e atacaram Orton numa luta contra Big Show, e posteriormente Sheamus, que veio o ajudar. Reigns inadvertidamente esbarrou em Big Show, que por sua vez aplicou-lhe um KO Punch, fazendo a The Shield recuar. No SmackDown seguinte, a The Shield atacou Sheamus durante uma luta contra Big Show. Orton entrou para ajudar a Sheamus, e Big se juntou a eles forçando The Shield a recuar outra vez. No entanto, depois disso, Big Show aplicou um KO Punch em Sheamus, sofrendo um RKO de Orton. Na edição de 11 de março do Raw, durante uma luta entre Rollins e Show, Reigns e Ambrose interferiram. No episódio de 15 de março do Smackdown, a The Shield desafiou Sheamus e Orton para encontrar um parceiro para eles para uma luta de trios no Wrestlemania 29. Orton e Sheamus escolheram Ryback como seu parceiro. Mais tarde naquela noite, durante o seu combate com Mark Henry, a The Shield interferiu com um Triple powerbomb em Ryback, depois de terem atacado Sheamus e Orton nos bastidores. No Raw de 18 de março, Vickie Guerrero retirou Ryback da luta, agendado-o um combate contra Henry no WrestleMania. No Raw da semana seguinte, Show foi confirmado como parceiro de Orton e Sheamus.

No episódio de 5 de novembro de 2012 do Raw, uma vinheta foi ao ar para a estreia de um novo lutador chamado Fandango. As vinhetas foram exibidas até a edição de 25 de fevereiro do Raw, onde foi revelado que este faria sua estreia no episódio de 1 de março do SmackDown. Porém, Fandango recusou-se a estrear, pelo fato de Matt Striker não saber pronunciar seu nome corretamente. Novamente recusou-se a estrear no Raw da semana seguinte, desta vez por Justin Roberts não o anunciar corretamente. Na edição de 18 de março do Raw, Fandango teve um encontro com Chris Jericho em um segmento de bastidores, onde Jericho intencionalmente zombou de seu nome por várias vezes. Quatro dias depois, no SmackDown, Fandango interferiu na luta de Jericho contra Jack Swagger e atacou-o depois, começando uma rivalidade entre os dois. Três dias depois, no Raw, Jericho o atacou antes de sua luta de estreia, causando a Fandango fugir do ringue. No entanto, ele voltou e atacou Jericho novamente depois que este foi atacado por Big E Langston. No mesmo dia, foi anunciado que Chris Jericho iria enfrentar Fandango na Wrestlemania 29.

No Raw de 11 de março, Wade Barrett atacou The Miz e Chris Jericho durante uma luta para determinar o desafiante número um ao Intercontinental Championship. Por este fato, Barrett teve de defender seu título em uma luta triple threat contra Jericho e The Miz no Raw seguinte, conseguindo manter seu título após conseguir fazer o pinfall sobre Miz. No episódio de 25 de março do Raw, Miz derrotou Barrett em uma luta sem o título em jogo. No dia seguinte, foi anunciada uma luta entre Barrett e The Miz pelo Intercontinental Championship na WrestleMania 29. No Raw de 1 de abril, o combate foi anunciado como uma das lutas do pré-show do evento.

As The Bella Twins retornaram à WWE no episódio de 11 março de do Raw, em um segmento de bastidores com Cody Rhodes e Damien Sandow, começando a associar-se com o Team Rhodes Scholars. No episódio de 15 de março do SmackDown, Nikki e Brie Bella atacaram as Funkadactyls (Cameron e Naomi) em um segmento de bastidores. No episódio de 22 de março do SmackDown, as Bella Twins interferiram em uma luta de Rhodes e Sandow contra Brodus Clay e Tensai, mas foram atacadas por Cameron e Naomi. No Raw de 4 dias depois, Rhodes e Sandow derrotaram Clay e Tensai. No Main Event de 27 de março, as Bellas derrotaram Cameron e Naomi em uma luta de duplas devido a distração de Cody Rhodes. No mesmo dia a WWE anunciou uma luta entre os quartetos na WrestleMania 29. No entanto, devido às limitações de tempo, a luta não foi realizada no pay-per-view, mas na noite seguinte, no Raw, onde o time de Brodus Clay, Tensai, Cameron e Naomi saiu vitorioso contra o Team Rhodes Scholars e as Bella Twins.

Matt Kodner do The A.V. Club deu ao show uma nota B. Ele geralmente criticou o evento como “muito do mesmo, com apenas um senso de diversão para as lutas”. Ele afirmou que o principal evento entre John Cena e The Rock era “muito similar, e a luta nunca apareceu”. Ele nomeou a luta entre The Undertaker e CM Punk como a “luta da noite”. “Embora ela veio quase uma hora antes que a noite terminasse, a luta foi o clímax claro, e o único verdadeiro triunfo da WrestleMania XXIX”, disse. Ele também elogiou a entrada discreta de Fandango, mas criticou os problemas técnicos na transmissão ao vivo que fez com que muitos que assistiam o show através WWE.com perdesse a luta de abertura. Rob McNichol, do tabloide britânico The Sun deu ao WrestleMania 29 uma nota 6 de 10, chamando a luta entre CM Punk e The Undertaker de luta da noite, por uma larga margem e dizendo que era “uma master class no tempo, emoção e expressão”. Ele criticou The Rock para lutar para manter o ritmo com tempo integral como o lutador da WWE John Cena e disse que a luta era semelhante ao combate no WrestleMania XXVIII. Ele chamou o evento de “um show sem qualquer centelha de verdade”.

O card completo com resultados pode ser conferido na continuação. Leia o resto deste post

30 dias de WrestleMania – Uma vez na vida

1º de Abril de 2012 marcou a realização da 28ª edição da WrestleMania, esta direto do Sun Life Stadium em Miami, Flórida. O evento bateu recordes de venda bruta e de pay-per-views, rendendo $1.3 milhões em compras, sendo o mais comprado evento de wrestling profissional da história, com vendas globais de $67 milhões. O showtambém bateu o recorde de evento mais lucrativo na história da WWE, com $8.9 milhões.

Em 3 de abril de 2011, foi realizada a WrestleMania XXVII, cujo evento principal foi o combate entre John Cena e o então WWE Champion The Miz pelo título. Depois da luta acabar por Double Countout, Miz reteve seu título. No entanto, o apresentador da WrestleMania, o ator e ex-lutador Dwayne “The Rock” Johnson exigiu que a luta recomeçasse sem contagens ou desqualificação. Logo após o reinício da luta, The Rock aplicou seu movimento de finalização Rock Bottom em Cena, dando início a uma rivalidade entre os dois e fazendo Cena perder a luta. No Raw do dia seguinte, Cena desafiou Rock para uma luta. Rock aceitou, mas disse que essa luta deveria acontecer no maior palco do mundo, a WrestleMania, então propôs uma luta para Cena na WrestleMania XXVIII. Cena aceitou apertando a mão de Rock, fazendo história por marcar uma luta na WrestleMania com um ano de antecedência. No Survivor Series, Cena e Rock derrotaram The Miz e R-Truth e, após a luta, Rock atacou Cena.

Daniel Bryan venceu a luta Money in the Bank do SmackDown no evento Money in the Bank em 17 de julho de 2011 , o que, como todas as edições anteriores da luta, lhe dava o direito de um combate pelo título mundial do SmackDown, no caso, o World Heavyweight Championship. No SmackDown de 22 de julho, em entrevista à Michael Cole, Bryan anunciou que usaria seu contrato na WrestleMania. Bryan quebraria sua promessa no SmackDown de 25 de novembro, quando usou o contrato contra um nocauteado Mark Henry, ganhando o World Heavyweight Championship. O Gerente Geral do SmackDown Theodore Long, no entanto, reverteu o resultado imediatamente, afirmando que Henry não estava medicamente liberado para competir, devolvendo, assim, a maleta à Bryan. Bryan, no entanto, usou o contrato durante o TLC: Tables, Ladders & Chairs, derrotando Big Show pelo título. Já Sheamus venceu a luta Royal Rumble de 2012, eliminando por último Chris Jericho, ganhando, assim, uma luta pelo World Heavyweight Championship ou WWE Championship no WrestleMania. No Elimination Chamber, Bryan venceu uma luta Eimination Chamber para manter o título, sendo atacado após o combate por Sheamus. A luta entre os dois foi oficializada no website da WWE.

The Undertaker retornou à WWE no Raw de 30 de janeiro, desafiando Triple H para uma revanche do WrestleMania XXVII. O diretor de operações recusou, mesmo sob a insistência de Shawn Michaels nas semanas seguintes. Em 20 de fevereiro, Triple H aceitou enfrentar Undertaker, com a estipulação que a luta seria uma Hell in a Cell. No Raw de 5 de março, Shawn Michaels anunciou que seria o árbitro da luta.

Após acusar CM Punk de ser um plagiador, Chris Jericho acabou nocauteado por Punk no Elimination Chamber. No Raw da noite seguinte, Jericho venceu uma battle royal, se tornando o desafiante pelo WWE Championship de Punk no WrestleMania.

Após ser eliminado por Cody Rhodes da battle royal vencida por Jericho, Big Show passou a ser ridicularizado por Rhodes, que nos meses seguintes passou a zombar das derrotas que Show sofreu em WrestleManias, como suas derrotas para Akebono e Floyd Mayweather, Jr.. No SmackDown de 2 de março, Theodore Long marcou para o WrestleMania uma luta entre Rhodes e Show, pelo Intercontinental Championship de Rhodes.

No Elimination Chamber, o Gerente Geral do Raw John Laurinaitis anunciou sua intenção de se tornar Gerente Geral também do SmackDown, então controlado por Theodore Long. Nas semanas seguintes, os dois se confrontaram diversas vezes, com, por uma semana, Laurinaitis assumindo o SmackDown e Long, o Raw. Em 12 de março, pelo website da WWE, foi anunciado que, na WrestleMania, dois times de seis lutadores se enfrentariam, cada um representando um dos Gerentes Gerais, com o vencedor se tornando comandante do Raw e do SmackDown. No Raw do mesmo dia, David Otunga foi anunciado como capitão do time de Laurinaitis, enquanto Santino Marella, o do time de Long. Mark Henry, então, foi anunciado oficialmente como membro do time de Laurinaitis. Em 15 de março, R-Truth foi adicionado ao time de Long. No SmackDown de 16 de março, Christian decidiu fazer parte do time de Laurinaitis, enquanto Kofi Kingston foi anunciado como membro do time de Long. Dolph Ziggler e Jack Swagger foram anunciados como membros do time de Laurinaitis no Raw de 19 de março. Após fazer uma campanha, Zack Ryder foi aceito no time de Long no SmackDown de 23 de março. Como condição imposta, The Great Khali também se tornou membro, e Hornswoggle, o mascote. No Raw de 26 de março, The Miz salvou Laurinaitis de um ataque de Marella, sendo nomeado último membro do Time Johnny. Na mesma noite, Christian foi atacado por CM Punk, sendo, mais tarde, medicamente retirado da luta. Por sua conta oficial no Twitter, Laurinaitis anunciou que Drew McIntyre substituiria Christian. Booker T se uniu ao time de Long após salvá-lo de um ataque de Henry.

Durante o programa NBC’s Extra, Beth Phoenix e Eve interromperam uma entrevista que estava sendo realizada com Kelly Kelly, desafiando Kelly e a apresentadora do programa, Maria Menounos, para uma luta no WrestleMania, desafio aceito por Maria e Kelly.

No SmackDown de 2 de março, Kane atacou Randy Orton. Nas semanas seguintes, os dois lutadores interferiram em lutas uns dos outros. Em 16 de março, Kane afirmou que atacou Orton pois, meses antes, havia apertado a mão de Orton após um combate, enojando-se por seu ato. Ele desafiou, então, Orton para uma luta no WrestleMania.

O evento recebeu críticas mistas. O tabloide inglês The Sun mencionou que a primeira hora do evento foi terrível, mas a luta entre Punk e Jericho, a Hell in a Cell – a qual chamou “melhor da noite” – e a entre Rock e Cena – dizendo que a decisão de fazer Rock vencer foi “interessante” – salvaram a noite. As lutas pelo Intercontinental Championship e entre Kane e Orton foram chamadas de “medíocres”. Ao fim, o tabloide deu ao evento nota 8,5. O website canadense Canadian Online Explorer deu ao evento nota 6,5, com a pior luta da noite sendo a pelo World Heavyweight Championship e as melhores, a pelo WWE Championship e a Hell in a Cell. A luta entre Triple H e Undertaker ganhou o Slammy Award por Luta do Ano, em dezembro.

O card completo com resultados pode ser conferido na continuação. Leia o resto deste post

30 dias de Wrestlemania – A maior WrestleMania de todos os tempos

Dia 3 de Abril de 2011 marcou a 27ª edição da Wrestlemania, esta direto do Georgia Dome em Atlanta, Geórgia. O evento foi o primeiro a acontecer na Geórgia e o segundo na região sudeste dos Estados Unidos, após o WrestleMania XXIV.

A rivalidade predominante do Raw contou com Dwayne “The Rock” Johnson, John Cena e o WWE Champion The Miz. No Raw de 14 de fevereiro, foi anunciado que The Rock seria o apresentador do WrestleMania XXVII. The Rock fez sua primeira aparição em um ringue da WWE em sete anos, publicamente zombando de Miz e Cena em seu discurso de retorno. No Elimination Chamber da semana seguinte, Cena venceu a anual Elimination Chamber para ganhar uma luta pelo título de The Miz. No Raw seguinte, Cena e Miz responderam a Rock, com Cena questionando a preferência de Rock pela carreira de ator. Via satélite, The Rock respondeu a Cena no Raw de 28 de fevereiro, citando sua carreira como porta de entrada para lutadores em Hollywood. No Raw de 28 de março, Miz e Alex Riley atacaram os dois, com Rock expulsando os dois e Cena atacando Rock.

Desde 1993, o vencedor da luta Royal Rumble conquista uma oportunidade por um título mundial no WrestleMania. Alberto Del Rio venceu a luta de 2011 e desafiou Edge pelo World Heavyweight Championship. Isso levou a uma série de ataques de Del Rio em Edge nas semanas seguintes. No entanto, Edge foi auxiliado por Christian, que ajudou Edge contra Del Rio e seu guarda-costas Brodus Clay.

A partir do Raw de 31 de janeiro, vídeos promocionais passaram a ser exibidos, com os números “2 21 11”. No Raw de 21 de fevereiro, The Undertaker foi revelado como a figura misteriosa dos vídeos, retornando após quatro meses de ausência. No entanto, o retorno foi interrompido por Triple H. Os dois se encararam antes de olhar para o outdoor do WrestleMania XXVII. A luta foi confirmada pela WWE quatro dias depois, marcando o segundo combate entre os dois em WrestleManias, o primeiro sendo na WrestleMania X-Seven 10 anos antes.

Em dezembro de 2010, o comentarista do Raw Jerry “The King” Lawler começou uma rivalidade com o também comentarista Michael Cole, após o Gerente Geral anônimo do Raw dar a Lawler uma luta Tables, Ladders, and Chairs pelo WWE Title de The Miz. Quando Lawler escalou a escada para conquistar o título, Cole interferiu, puxando Lawler e o fazendo perder a luta. No Raw de 21 de fevereiro, Cole zombou de Lawler por este perder uma revanche contra Miz no Elimination Chamber, perder o sonho de lutar no WrestleMania, também mencionando a mãe de Lawler, falecida semanas antes. Lawler respondeu desafiando Cole para uma luta no WrestleMania. Cole negou antes de fugir pela plateia. Na semana seguinte, Cole aceitou o desafio de Lawler sob duas condições: que seu treinador, Jack Swagger, o acompanharia ao ringue para a luta e que ele pudesse escolher o árbitro do combate. No Raw seguinte, Cole anunciou que John “Bradshaw” Layfield seria o árbitro. No entanto, Stone Cold Steve Austin fez seu retorno, atacando JBL e assinando o contrato, se tornando o árbitro oficial do combate. Cole continuou a insultar Lawler nas semanas seguintes, trazendo o filho do comentarista, Brian, que o insultou e o estapeou. Após isso, Jim Ross, amigo de Lawler, confrontou Cole antes de ser atacado por Swagger.

Outra rivalidade que culminaria no WrestleMania envolveu CM Punk e Randy Orton. No início do ano, Punk havia se tornado líder do grupo The Nexus, renomeando-o “New Nexus”. Nas semanas seguintes, Punk atacou Orton, dizendo ser uma vingança pelo ataque sofrido no Unforgiven de 2008. No Raw de 28 de fevereiro, o Gerente Geral anônimo do Raw anunciou que Punk e Orton se enfrentariam na WrestleMania e, nas semanas seguintes, Orton enfrentaria os membros do New Nexus. Os derrotados não poderiam acompanhar Punk ao ringue. Orton venceu todas as lutas, banindo Husky Harris, Michael McGillicutty, David Otunga e Mason Ryan da WrestleMania.

Rey Mysterio e Cody Rhodes mantiveram uma rivalidade pré-WrestleMania. No SmackDown de 21 de janeiro, Mysterio quebrou o nariz de Rhodes durante uma luta. Rhodes, que fez uma cirurgia de reconstrução facial, acusou Mysterio de força-lo a perder o Royal Rumble e a Elimination Chamber, além de acabar com sua beleza. No SmackDown de 4 de março, o pai de Cody, Dusty Rhodes, pediu para Cody pedir desculpas. No entanto, ele traiu Mysterio, permitindo que Cody o atacasse e o desmascarasse.

No Raw de 14 de março, Nicole “Snooki” Polizzi apareceu como estrela convidada, trocando insultos com Vickie Guerrero. Mais tarde, Vickie derrotou Trish Stratus com a ajuda de LayCool (Michelle McCool e Layla). Após a luta, Snooki atacou LayCool após ser provocada por McCool. Vickie, então, propôs uma luta no WrestleMania entre LayCool e seu namorado, Dolph Ziggler, e Snooki, Stratus, & John Morrison.

Em uma luta de oito lutadores, The Corre (Wade Barrett, Ezekiel Jackson, Justin Gabriel e Heath Slater) enfrentariam Big Show, Kane, Santino Marella e Vladimir Kozlov. The Corre havia enfrentado Big Show no SmackDown, mas Kane havia a ele se aliado para acabar com o grupo duas semanas antes da WrestleMania. Mais tarde, Kane e Big Show ajudaram Vladimir Kozlov e Santino Marella durante um ataque do Corre. Em 2 de abril, antes de uma luta entre Kozlov e Tyler Reks na convenção WrestleMania Axxess, The Corre atacou Kozlov, na história, lesionando seu ombro. Kofi Kingston, que havia perdido o Campeonato Intercontinental para Barrett, foi escolhido para substituir Kozlov.

A WrestleMania XXVII, mesmo sendo um tremendo sucesso comercial, recebeu críticas mistas e positivas. Segundo o tabloide inglês The Sun, The Rock como apresentador “nunca foi efetivo” e que o segmento de abertura foi “excessivo e genérico”. No entanto, o tabloide disse que a luta pelo WHC foi “muito boa”, que a luta entre Orton e Punk teve uma “execução e cronologia clínica” e que a luta pelo WWE Championship foi “estranha”. Eles elogiaram o combate entre Undertaker e Triple H, dizendo ser a “luta da noite” e que “a emoção e o drama da luta foi incrível”. No total, eles deram ao evento nota 8,5 de 10. O website canadense Canadian Online Explorer deu ao evento nota 8 de 10, com a luta entre Triple H e Undertaker recebendo 9,5 de 10 e a do WWE Championship, 5. TheWrestleReview deu ao evento nota 7,2 de 10, com Undertaker versus Triple H recebendo nota 9,2. A luta final recebeu nota 6, com TheWrestleReview dizendo que o combate foi apenas uma ferramenta promocional para o WrestleMania XXVIII.

O card completo com resultados pode ser conferido na continuação. Leia o resto deste post

30 dias de Wrestlemania – Get All Fired Up

Dia 28 de Março de 2010 marcou a realização da 26ª WrestleMania, esta direto do University of Phoenix Stadium em Phoenix, subúrbio de Glendale, Arizona. A quarta da história a ter um Main Event em que não havia título em jogo, tendo a primeira sido a XI. Além disso foi a primeira a ser realizada no Arizona e a terceira ao ar livre.

No The Bash de 2009, Edge e Chris Jericho se tornaram uma dupla, ganhando o Unified Tag Team Championship. No entanto, a parceria foi curta, já que Edge sofreu uma lesão no tendão de Aquiles, tendo que deixar vago metade do título. Jericho se distanciou de Edge, creditando a si mesmo pelo sucesso da dupla. Edge retornou no Royal Rumble, onde venceu a Royal Rumble Match. No evento principal do Elimination Chamber três semanas depois, Jericho ganhou o World Heavyweight Championship em uma Elimination Chamber. No Raw da noite seguinte, Edge anunciou sua decisão de enfrentar Jericho pelo título no WrestleMania.

Uma das maiores rivalidades dessa WrestleMania foi entre John Cena e Batista pelo WWE Championship. O conflito começou quando Cena se aliou a Bret Hart na disputa entre ele e o presidente da WWE, Vince McMahon. Quando Hart e McMahon se confrontaram no Raw de 1° de fevereiro, Batista salvou McMahon de um ataque surpresa de Hart. Após o fim do show, Cena tentou ajudar Hart, mas foi atacado por Batista. Na primeira luta do pay-per-view Elimination Chamber, Cena venceu o WWE Championship de Sheamus em uma Elimination Chamber, sendo logo interrompido por McMahon, que ordenou que ocorresse uma luta pelo título entre Cena e Batista naquele instante. Com Cena muito debilitado para competir, Batista venceu a luta e ganhou o título. No Raw de 22 de fevereiro, Cena exigiu uma revanche na WrestleMania. McMahon lhe deu a chance de enfrentar Batista naquela mesma noite: caso ele vencesse, teria sua luta no evento. Se perdesse, quem iria competir com Batista seria Sheamus. Cena venceu após Batista ser desqualificado propositalmente.

Na WrestleMania XXV, Shawn Michaels não pôde derrotar The Undertaker, assim mantendo seu recorde de vitórias no evento. Quando a luta venceu o Slammy Award de Luta do Ano, Michaels discursou dizendo que ele pode vencer Undertaker e lhe propôs uma revanche. Um mês depois, The Undertaker, então World Heavyweight Champion, respondeu, negando a proposta. Michaels ficou obcecado em enfrentar Undertaker, atacando o juíz Charles Robinson e o general manager do SmackDown Theodore Long respectivamente ao perder as chances de se qualificar para o evento no Royal Rumble e nas lutas qualificatórias para o Elimination Chamber. No Elimination Chamber, Michaels invadiu a Elimination Chamber pelo World Heavyweight Championship, aplicando um Sweet Chin Music em Undertaker, o que permitiu a Chris Jericho vencer a luta e tomar o título. Na noite seguinte, The Undertaker mudou sua decisão e aceitou a revanche na WrestleMania, mas sob uma condição: que se Michaels perdesse, teria que se aposentar. Michaels aceitou a condição.

A sexta anual Money in the Bank foi anunciada para a WrestleMania XXVI no episódio do Raw de 22 de fevereiro. O processo começou neste show, com Christian derrotando Carlito. No SmackDown da mesma semana, Dolph Ziggler derrotou John Morrison e R-Truth, Kane derrotou Drew McIntyre e Shelton Benjamin derrotou CM Punk. No Raw de 1° de março, Jack Swagger derrotou Santino Marella e MVP derrotou Zack Ryder. No SmackDown, Matt Hardy derrotou Drew McIntyre. No Raw, Evan Bourne derrotou William Regal. Por ordem de Vince McMahon, McIntyre enfrentou um atleta local em uma luta qualificatória, se tornando o nono participante. Na última luta, Kofi Kingston derrotou Vladimir Kozlov.

Como guest host da edição de 4 de janeiro da Raw, Bret Hart retornou ao show, pela primeira vez desde o Montreal Screwjob no Survivor Series de 1997, onde Vince McMahon se envolveu em uma trapaça real para tirar de Hart o WWF Championship. No Raw, Hart esquecer todos os problemas e fazer as pazes com McMahon. No entanto, McMahon traiu Hart novamente, o chutando no estômago. A rivalidade se estendeu com a segunda aparição de Hart, um mês depois, quando McMahon se recusou a introduzir o pai de Bret, Stu Hart, ao WWE Hall of Fame. No episódio do Raw de 8 de fevereiro, John Cena desafiou McMahon e lhe disse que Bret queria enfrentá-lo em uma luta na WrestleMania, para a qual McMahon aceitou. No entanto, Hart, que havia sido banido da arena, apareceu e atacou McMahon. Escondido atrás de seguranças, McMahon cancelou a luta. Na semana seguinte, Hart decidiu se despedir dos fãs, lhes agradecendo. Na mesma noite, Hart se envolveu em um acidente de carro, quando um carro bateu na porta do carro de Hart, lhe ferindo a perna e mando-o para o hospital. McMahon aceitou que, na edição de 1° de março do Raw, Hart se despedisse de uma maneira mais digna. No entanto, o segmento acabou com McMahon desafiando Bret para uma luta na WrestleMania, a qual Hart inicialmente recusou devido a sua perna. McMahon lhe atacou, fazendo com que Hart aceitasse o desafio.

Foi anunciado no episódio de 5 de março do SmackDown que The Big Show e The Miz iriam defender o Unified WWE Tag Team Championship no evento contra a dupla que se qualificasse naquela noite. A luta foi entre Cryme Tyme, The Hart Dynasty e John Morrison, ex-parceiro de Miz, e R-Truth. Morrison e Truth venceram.

No Elimination Chamber do mês anterior, o então WWE Champion Sheamus foi eliminado da luta por Triple H. Duas semanas depois, Sheamus atacou Triple H após sua luta de duplas com Shawn Michaels contra The Big Show e The Miz. No Raw da semana seguinte, Triple H desafiou Sheamus para uma luta na WrestleMania, a qual ele aceitou.

No começo de 2009, Randy Orton formou um grupo conhecido como The Legacy com Ted DiBiase e Cody Rhodes. Mais tarde no mesmo ano, Orton se frustrou com o grupo, levando a uma série de confrontos. A tensão cresceu no Royal Rumble, quando DiBiase e Rhodes acidentalmente não deixaram Orton ganhar o WWE Championship. Resultados similares aconteceram no mês seguinte no Elimination Chamber com Rhodes tentando ajudar seus parceiros na Elimination Chamber pelo WWE Championship, e Orton sendo eliminado por DiBiase. No Raw seguinte, Orton traiu seus parceiros, o que os levou a uma luta Triple Threat.

Desde o começo de 2010, CM Punk e seus discípulos Luke Gallows e Serena estiveram em uma cruzada para promover a filosofia Straight edge, um estilo de vida baseado na abstinência de drogas, álcool e cigarros; ele passou a pregar seus ensinamentos à plateia e, por vezes, “converteu” membros raspando suas cabeças. O trio se chamava Straight Edge Society (SES). Na edição de 12 de fevereiro do SmackDown, Punk foi derrotado por Rey Mysterio. Após a luta, o trio atacou Rey. A animosidade entre os dois cresceria na edição de 12 de março do SmackDown, quando Mysterio levou sua família ao ringue para comemorar o aniversário de sua filha, Aaliyah. Punk os interrompeu, ameaçando e assustando Mysterio e sua família. Isso os preparou para uma luta na WrestleMania. Mysterio foi derrotado por Gallows. As estipulações da luta seriam: se ele perdesse na WrestleMania, teria que se juntar à Straight Edge Society.

O evento recebeu críticas mistas. The Sun parabenizou a luta entre Undertaker e Michaels, mas criticou o combate entre Hart e McMahon, chamando-o de “ruim” e “desapontante”, dando uma nota 4 de um total e 10, a luta das Divas recebeu nota 1. Ao fim, o jornal deu ao evento uma nota 7. A seção sobre wrestling profissional do Canadian Online Explorer deu ao evento nota 6.5, menor do que o 7.5 do WrestleMania XXV. A última luta da noite recebeu nota 9.5.

O card completo com resultados pode ser conferido na continuação. Leia o resto deste post

30 dias de Wrestlemania – O 25º Aniversário da Wrestlemania

5 de Abril de 2009 marcou a realização da Wrestlemania 25, direto do Reliant Stadium em Houston, Texas. A segunda a ser realizada do estado, tendo a primeira sido a X-7.

No pay-per-view Royal Rumble 2009, realizado em Janeiro, Randy Orton venceu a tradicional battle royal. Por estipulação da luta, ganhou uma oportunidade de concorrer pelo WWE, World Heavyweight ou ECW Championships na WrestleMania. No início de 2009, Orton iniciou uma rivalidade com a Família McMahon, atacando Vince e Shane McMahon, bem como aplicando um RKO em Stephanie McMahon. Orton atacou Stephanie durante uma promo do WWE Champion (e marido de Stephanie na vida real) Triple H. Na edição do RAW de 2 de março, Orton foi convencido por Triple H a lutar contra o mesmo na WrestleMania XXV.

Em continuação do episódio semanal, a general manager Vickie Guerrero anunciou que seu marido (kayfabe) Edge iria defender o World Heavyweight Championship contra The Big Show na WrestleMania. No entanto, John Cena interferiu em uma luta de Edge no No Way Out e atacou Vickie. Na edição de 9 de março, ela decidiu que Cena também participaria da luta e que esta, então, seria uma Triple Threat match.

Em 16 de fevereiro, no RAW, Shawn Michaels desafiou a John “Bradshaw” Layfield, para uma luta na semana seguinte, na qual o vencedor enfrentaria The Undertaker, que estava no momento, com a sequência 16-0 em WrestleManias. Vladimir Kozlov também foi anunciado como membro da luta. Em 23 de fevereiro, Michaels derrotou JBL, mas foi anunciado que na próxima semana enfrentaria Kozlov, e, somente aí, quem ganharia enfrentaria a Undertaker. Michaels derrotou Kozlov e garantiu presença no evento.

A quinto Money in the Bank Ladder match, anualmente realizada nas WrestleManias, foi anunciada em 23 de fevereiro. As lutas de qualificação tiveram início, onde CM Punk se qualificou ao derrotar The Miz e John Morrison em uma Triple threat match. Em 2 de março, Kane também foi qualificado ao derrotar Mike Knox e Rey Mysterio em outra Triple threat match. Em 3 de março, Mark Henry derrotou Santino Marella e tornou-se mais um participante do combate. No dia 6 de março, Montel Vontavious Porter e Shelton Benjamin derrotaram respectivamente Matt Hardy e Jeff Hardy. Em 9 de março, Kofi Kingston derrotou Chris Jericho (com ajuda de Ric Flair) e tornou-se o sexto integrante da luta.Christian venceu um battle royal das três brands e foi qualificado. O último participante foi conhecido em 13 de março, quando Dave Finlay derrotou The Brian Kendrick.

Um dos destaques da WrestleMania XXV também ficou por conta da rivalidade entre os irmãos Jeff e Matt Hardy. Durante a luta entre Jeff e Edge no Royal Rumble 2009 pelo WWE Championship, Matt invadiu o ringue, aparentemente para ajudar o seu irmão. Mas ele acertou Jeff com uma cadeira de aço, custando ao mesmo a perda da chance de conquistar o cinturão. Após perder a luta qualificatória para o Money in the Bank, Matt interferiu na luta de Jeff contra Shelton Benjamin, causando a desqualificação de Jeff. As provocações continuaram durante as semanas, e foi decidido que os dois se enfrentariam na WrestleMania em uma Extreme Rules Match.

Em 23 de Janeiro, numa edição do SmackDown, os WWE Tag Team Champions The Colóns (Carlito e Primo) derrotaram John Morrison e The Miz em uma luta que não valia o título. Após perder o combate, Miz e Morrison foram em seu “blog” da internet, The Dirt Sheet para fazer provocações, bem como convocar as The Bella Twins para serem suas valets. Foi programada uma revanche em 13 de Fevereiro, onde quem vencesse teria as Bella Twins como valets, terminando com a vitória de Miz e Morrison. As duas equipes continuaram com a rivalidade semana a semana. Embora o foco inicial era conseguir o acompanhamento das Bella Twins, a luta assumiu uma dupla finalidade, uma vez que cada tag team defendeu com sucesso os respectivos títulos em lutas subsequentes. Com as duas equipes ainda mantendo os cinturões, foi anunciado em 17 de março uma luta na WrestleMania XXV valendo a unificação dos títulos.

Na 15th Screen Actors Guild Awards, o ator Mickey Rourke, o qual ganhou aclamação crítica pelo seu papel no filme The Wrestler, foi anunciado como um participante da WrestleMania, especificamente para rivalizar a Chris Jericho. O anúncio de um combate entre os dois foi dado no Larry King Live. Na edição seguinte da RAW, o porta-voz de Rourke disse que ele não participaria do evento. A WWE reconfirmou a presença de Rourke três dias depois, anunciando que ele havia sido chamado apenas como convidado e não como concorrente. Para começar as ironias, Jericho disse que não gostou do filme The Wrestler, o que provocou descontentamento da parte dos lutadores mais antigos. Em 9 de fevereiro, Ric Flair apareceu para protestar aos comentários feitos por Jericho, professando que os lutadores devem ser respeitados, como eles tinham preparado o caminho para as gerações futuras, o que levou a uma forte discussão entre os dois. Ao longo das próximas semanas, seriam anunciados seus adversários, sendo eles todos “lendas” do wrestling profissional, incluindo Roddy Piper, Ricky Steamboat e Jimmy Snuka. Em outra edição, Jericho desafiou Flair para uma luta. Embora Flair diminuiu de qualidade após sua retirada, ele aceitou o combate, mas desde que tivesse ajuda de Piper, Steamboat e Snuka, em uma handicap match. Jericho aceitou e acabou sendo atacado pelos quatro adversários. Assim, foi marcada uma luta handicap para a WrestleMania.

A crítica foi bem controversa para o grande evento. Alguns aclamaram ótimos combates (como o de Shawn Michaels e Undertaker), mas caíram em cima da duração da apresentação de Kid Rock. O card completo com resultados pode ser conferido na continuação. Leia o resto deste post

30 dias de Wrestlemania – A maior WrestleMania debaixo do sol

30 de Março de 2008 marcou a realização da 24ª Wrestlemania, esta sendo direto do Citrus Bowl em Orlando, Flórida, a primeira no estado. Além do mais, a Wrestlemania XXIV foi a segunda realizada ao ar libre, com a primeira tendo sido a 9.

A principal luta do evento foi uma World Heavyweight Championship Match entre o campeão Edge e The Undertaker. A segunda foi uma Triple Threat Match em que Randy Orton defendeu o WWE Championship contra Triple H e John Cena. A outra foi uma ECW Championship Match entre o campeão Chavo Guerrero e o desafiante Kane. Das seis lutas do Undercard, três receberam mais atenção do que as outras. Uma No-DQ Match entre Floyd Mayweather Jr. e Big Show, uma Money in the Bank Ladder Match e uma Retirement Match entre Shawn Michaels e Ric Flair.

O Canadian Online Explorer deu a nova 9/10 estrelas para o show, maior do que os 8 dados para a Wrestlemania 23. Shawn Michaels vs. Ric Flair, por exemplo, recebeu 10/10. O card completo, com resultados, pode ser conferido na continuação. Leia o resto deste post

30 dias de Wrestlemania – Tudo cresce

1º de Abril de 2007 marcou a realização da 23ª edição da WrestleMania, esta direto do Ford Field em Detroit, Michigan. A segunda a ser realizada na cidade, tendo a Wrestlemania III enchido o Pontiac Silverdome 20 anos antes.

A principal luta por parte do RAW foi entre John Cena e Shawn Michaels pelo WWE Championship. Do lado do Smackdown, Batista enfrentou The Undertaker pelo World Heavyweight Championship. Já a principal luta da ECW foi uma Eight-Man Tag Team Match entre os ECW Originals e a New Breed. O evento ainda contou com uma luta entre Bobby Lashley e Umaga e uma Money in the Bank Ladder Match.

Os escritores do Canadian Online Explorer Dale Plummer e Nick Tylwalk classificaram o evento inteiro com 8 de 10 estrelas, mesma nota dada ao do ano anterior. O card completo com resultados pode ser conferido logo abaixo. Leia o resto deste post

30 dias de Wrestlemania – Grande momento!

2 de Abril de 2006 marcou a realização da 22ª edição da Wrestlemania, essa direto da Allstate Arena em no subúrbio de Chicago em Rosemont, Illinois.

A principal luta do RAW para o show foi entre John Cena e Triple H pelo WWE Championship. No Smackdown, uma Triple Threat Match entre Kurt Angle, Rey Mysterio e Randy Orton pelo World Heavyweight Championship. Além disso, o Undercard contou com uma No Holds Barred Match entre Shawn Michaels e Vince McMahon, uma Casket Match entre The Undertaker e Mark Henry, uma WWE Women’s Championship Match entre Mickie James e Trish Stratus e uma interpromocional Money in the Bank Ladder Match com seis participantes.

O evento em si recebeu ótima avaliações da crítica especializada em geral. Caso queiram conferir o card completo com resultados, basta um clique na continuação. Leia o resto deste post

30 dias de Wrestlemania – Em Hollywood

No dia 3 de Abril de 2005, direto do Staples Center em Los Angeles, Califórnia, acontecia a vigésima primeira edição da Wrestlemania.

A principal luta do RAW para aquele evento foi entre os ex-amigos Triple H e Batista pelo World Heavyweight Championship. A luta mais predominante do Smackdown foi pelo WWE Championship entre John “Bradshaw” Layfield e John Cena. Além disso houveram combates importantes como The Undertaker vs. Randy Orton, Kurt Angle vs. Shawn Michaels e a Money in the Bank Ladder Match. O evento também contou com o retorno de Stone Cold Steve Austin, que começou a fazer aparições “Part-Timers” pela WWE naquela época.

John Powell do Canadian Online Explorer fez o seguinte comentário sobre a WM 21: A troca da guarda que muitas pessoas esperavam que veio com um gemido ao invés de um estrondo Em uma inversão total do show do ano passado Quando um card de grande parte mundano foi salvo vitórias emocionais de Chris Benoit e Eddie Guerrero – A elevação das estrelas em ascensão (John Cena e Dave Batista) deste ano não tinha esse drama. Incapazes de viver de acordo com os altos padrões estabelecidos pelos combates UndertakerRandy Orton e Shawn Michaels-Kurt Angle, os “eventos principais” ofereceram a pior espécie de anticlímax e teria sido normal serem enterrados pelo meio do card“. Ele avaliou todo o evento com 7 de 10 estrelas.

O card completo com resultados pode ser conferido na continuação. Leia o resto deste post