Arquivos do Blog

Curtinhas do Wrestling – 19/03/15

CURTINHAS DO WRESTLING

A seguir temos as principais notícias curtas desta quinta-feira (20). Com informações sobre Bill DeMott, Kevin Owens, Vince Russo, WWE Shop, Henry Cejudo, The Briscoes, WWE 2K15, WWE WrestleMania 31, Hugo Knox, JBL-Bill Simmons, Maryse, Sami Zayn e Kevin Nash. Leia o resto deste post

Fontes afirmam que houve exagero em algumas denúncias contra Bill DeMott

Apesar da maioria das acusações contra o ex-treinador do NXT Bill DeMott ser datada de 2013, algumas das histórias remontam sua primeira passagem como técnico do território de desenvolvimento, que terminou em 2007. Os problemas com DeMott são uma das razões pelas quais a WWE instalou câmeras no Performance Center e por isso todos os treinamentos são filmados. A empresa queria uma prova em vídeo para defender-se no caso de haver quaisquer ações judiciais no futuro. Como já informamos, oficiais da empresa esperam que surjam problemas com a justiça no meio de toda a controvérsia.

Os problemas não eram nenhum segredo entre os funcionários e muitos ficaram surpresos por DeMott ainda ter um trabalho. Havia um sentimento de que a controvérsia era uma bomba-relógio que poderia explodir a qualquer momento e realmente isso aconteceu.

O Wrestling Observer Newsletter informou que um número de pessoas que era do território de desenvolvimento na mesma época que Austin Matelson (Judas Devlin) era contratado confirmou que a maioria das histórias era verdade, mas algumas delas eram exageradas. A WWE emitiu uma declaração dizendo que concluiu uma investigação completa sobre as acusações de Matelson. Pessoas próximas do território de desenvolvimento – ao menos as que estão falando – criticaram duramente a forma como lidaram com tal investigação.

Fonte: Wrestling Observer Newsletter

Bill DeMott faz alguns comentários sobre controvérsias

O ex-treinador principal do NXT Bill DeMott está começando a responder alguns comentários em seu twitter sobre sua demissão e as denúncias feitas contra ele. DeMott escreveu o seguinte com relação ao Dr. Tom Prichard criticar duramente a WWE esta semana pelo modo como conduziram a investigação dos fatos: Eu já disse isso antes e continuo dizendo: eu nunca tive um problema com Tom e todos têm uma opinião“.

Quando questionado sobre a história que ele teria mandado um cara nu aplicar um “Stinkface” em Zack Ryder, DeMott respondeu: “Não! Essa foi uma decisão tomada por 30 talentos que estavam tentando não treinar em uma sexta-feira de 2006”.

O mesmo fã ainda perguntou se ele realmente havia feito comentários racistas ou homofóbicos. Bill respondeu: “Nem sou racista, nem homofóbico”.

Lutadores não confirmaram denúncias contra Bill DeMott enquanto estavam contratados pela WWE

Espera-se que o ex-treinador principal do WWE NXT Bill DeMott receba uma indenização significativa após ter entregado seu emprego em meio às polêmicas envolvendo seu nome.

A WWE está declaradamente esperando que apareçam ações judiciais relativas às controvérsias de DeMott. Em suas declarações, eles deram a entender que não havia qualquer prova de que tudo aquilo havia acontecido e que estavam do lado de DeMott.

Fala-se que alguns funcionários da WWE estavam cientes das denúncias, mas não esperavam que tantas pessoas surgissem com elas, porque normalmente todo mundo pretende voltar para concretizar seus sonhos e tentam manter uma boa relação com a empresa. Também foi dito que, enquanto estavam sob contrato com a WWE, alguns dos talentos que têm se manifestado abertamente na atualidade foram questionados sobre as alegações e, na época, disseram que as histórias não eram verdadeiras.

Fonte: F4Wonline.com

Triple H está deixando lutadores do NXT “fazerem o que quiserem”

Agora que o ex-treinador principal do NXT Bill DeMott saiu da WWE, algumas histórias dele estão começando a surgir. Uma é relativa ao evento NXT Takeover: R Evolution, que aconteceu em Dezembro do ano passado. Bill foi o agente responsável pela luta de estreia de Kevin Owens contra CJ Parker.

A luta que vimos foi planejada pelos três. Porém o treinador ficou insatisfeito com o resultado geral, pois ele não queria que um cara grande como Owens aplicasse um “Flip Dive” e muito menos que a luta de abertura do show tivesse tantos golpes.

Diante disso, Kevin teria reclamado com Triple H e o diretor de operações da WWE deu a ordem para deixar Owens fazer o que ele quisesse. Isso criou alguns problemas nos bastidores, pois Hunter estaria tentando construir um ambiente em que todo mundo faz o que quer, mesmo que todos sejam orientados a não fazer lutas no “estilo independente”.

Fonte: Wrestling Observer Newsletter

Pauta da reunião da última segunda-feira entre oficiais e talentos da WWE

A imprensa internacional tratou com furor uma reunião realizada antes do RAW da última segunda-feira em Pittsburgh entre oficiais e talentos da WWE. O alto escalão afirmou aos lutadores que, caso tenham quaisquer problemas, podem conversar sobre isso com eles.

A afirmação foi feita para que os talentos relatem as questões imediatamente, não deixando para conversar sobre isso na posterioridade. A empresa quer que venham falar diretamente com eles sobre seus problemas, sejam pessoais ou questões relacionadas ao trabalho. A WWE deixou claro que têm pessoas mais do que dispostas para ajudar os lutadores com suas causas. Também foi dito que estão lá por eles e que apreciam tudo que fazem para a empresa.

A polêmica de Bill DeMott e as recentes controvérsias envolvendo o território de desenvolvimento não foram citadas em nenhum momento da reunião.

Fonte: PWInsider

Novas informações sobre saída de Bill DeMott da WWE

O Washington Post divulgou um breve comunicado da WWE sobre Bill DeMott, em que afirmam ter aceitado o pedido de demissão.

O PWInsider relatou que os rumores de que DeMott havia sido movido para um cargo no escritório estão incorretos, pois ele renunciou ao emprego e foi embora da WWE. 

De acordo com Max Landis, diretor e roteirista de Los Angeles, os talentos do NXT estão exultantes com a notícia. Ele twittou: As mensagens que recebi de meus amigos do NXT são basicamente do nível emocional de ‘Capturamos Bin Laden'”.

Matt Bloom substituirá Bill DeMott como treinador principal do NXT

O PWInsider informou que Matt Bloom, atualmente conhecido como Jason Albert e anteriormente como Tensai, foi nomeado interinamente como treinador principal do WWE NXT e vai assumir as funções de DeMott no Performance Center e no território de desenvolvimento. Até o momento não se sabe se existe a possibilidade dele ocupar o cargo permanentemente.

O plantel do NXT foi informado da mudança por email enviado pelo chefe de Relações de Talento da empresa Mark Carrano logo após Bill DeMott anunciar sua demissão.

Bill DeMott renuncia ao cargo de treinador principal do NXT

Bill DeMott anunciou alguns instantes atrás por meio do Twitter que estava renunciando ao seu cargo como treinador principal do NXT.

“Eu nego as recentes acusações feitas sobre mim, no entanto, para evitar qualquer constrangimento ou danos à WWE, decidi renunciar imediatamente ao meu atual papel”.

É evidente que esse é o resultado final da recente divulgação de cartas de ex-lutadores do território de desenvolvimento da empresa que faziam sérias acusações contra DeMott.

O PWInsider conversou com fontes internas da WWE e eles confirmaram que DeMott não apenas renunciou do cargo, mas “demitiu-se por completo” da empresa.

Curtinhas do Wrestling – 05/02/15

CURTINHAS DO WRESTLING

A seguir temos as principais notícias curtas desta quinta-feira (05). Temos informações sobre Uhaa Nation, Rey Mysterio, Angelo Mosca, Andre the Giant Memorial Battle Royal, WWE Wrestlemania 31, Royal Rumble 2015, Bill DeMott, Lufisto e evento ao vivo do NXT. Leia o resto deste post